Moto Razr 2021: o que esperar do novo Motorola flip

Moto Razr 2021: o que esperar do novo Motorola flip

Mesmo apoiado no fator nostalgia, o Moto Razr 2019 não teve o impacto esperado para o sucessor de um dos celulares mais vendidos da história. Nem mesmo o lançamento da versão 5G impulsionou as vendas da Motorola, que viu de longe a Samsung assumir a liderança entre smartphones com tela dobrável. Boatos de uma nova geração do Razr circulam há algum tempo e reunimos todas as informações do novo Moto flip aqui.

AndroidPIT motorola razr 2019 handson 16
Formato compacto e construção flip devem ser mantidos / © NextPit

Resumo: 

  • Aparelho deve ser lançado apenas no segundo semestre de 2021;
  • Processador deve ser a principal atualização;
  • Equilíbrio entre tamanho e bateria continua sendo o principal desafio.

Mais uma chance

A Motorola não foi a primeira fabricante a colocar no mercado um smartphone com tela dobrável — título que cabe ao Royole FlexPai —, mas foi a primeira a usar a tecnologia para lançar um celular mais compacto. O Razr 2019, que recebeu esse nome por ter sido anunciado em 2019 (mas chegou às lojas já em 2020), se inspirou no clássico Razr V3 para trazer de volta o estilo flip.

Diferentemente do FlexPai, do Samsung Galaxy Fold ou do Huawei Mate X, que se dobram como se fossem um livro, o Razr 2019 dobra a tela na vertical, como o modelo clássico.

Apesar de carregar um elemento nostálgico forte e da forte campanha de marketing da Motorola, o Razr 2019 acabou ofuscado pelo Samsung Galaxy Z Flip, lançado pouco depois com especificações muito mais potentes.

AndroidPIT samsung galaxy z flip purple
Novas gerações do Moto Razr e Galaxy Z Flip (acima) devem ser lançadas no 2º semestre / © NextPit

Boatos sugerem que uma nova geração do Razr está a caminho, mas que os planos originais para um lançamento em 2020 foram adiados para este ano. A estratégia pode beneficiar o aparelho, que poderá aproveitar os avanços técnicos em alguns de seus componentes, especialmente a tela.

O que esperar do Moto Razr 2021?

Tela mais suave e sem rangido

A nova versão do Razr deve continuar com um painel OLED, fornecido no modelo original pela chinesa BOE, mas com alguns upgrades. O tamanho não deve mudar muito dos atuais 6,2 polegadas, para manter a construção compacta do celular.

A principal mudança esperada é um aumento na taxa de atualização da tela, seguindo a tendência vista em 2020 entre smartphones premium e até intermediários. O uso de um painel com 90 ou 120 hertz ofereceria animações mais suaves na tela, o que beneficia a fluidez do sistema operacional e principalmente dos games.

Relatório da consultoria especializada em telas DSCC afirma que a Samsung Displays — maior fornecedora de painéis OLED do planeta — encerrará a exclusividade de vendas para a Samsung Electronics de seus displays AMOLED dobráveis na segunda metade de 2021. Caso se confirme, a decisão abre as portas para que a Motorola adote o componente no próximo Razr, aproveitando avanços como o uso de vidro ultra-fino (UTG, na sigla em inglês), usado na linha Galaxy Z dos sul-coreanos.

Outro avanço esperado para a tela é o fim do rangido que alguns modelos exibiam durante a abertura ou fechamento do Razr, o que não combina com um aparelho na faixa de preço dos aparelhos premium.

Moto Razr 2021 com processador topo de linha?

Uma das principais críticas feitas ao Razr 2019 foi o uso de um processador intermediário, o Snapdragon 710, em um smartphone com preço de flagship. O lançamento da versão 5G não calou os críticos, adotando um Snapdragon 765G da mesma categoria. Para comparação, os rivais Galaxy Flip da Samsung foram lançados com processadores da linha Snapdragon 800, mais avançada.

Ainda que seja improvável o uso do chip Snapdragon 888 encontrado no Xiaomi Mi 11, a Motorola têm à disposição opções como os processadores Snapdragon 870 ou o ainda inédito Snapdragon 860.

Mais câmeras no próximo Razr

Ainda sem boatos concretos sobre os recursos fotográficos do novo Moto Razr, espera-se que o novo modelo traga um conjunto de câmera múltiplo, em substituição à câmera única de 48 megapixels do Razr 2019.

AndroidPIT motorola razr 2019 handson 21
Câmera única deve dar lugar para novas lentes / © NextPit

Um conjunto quádruplo pode parecer exagerado em um smartphone compacto, mas a inclusão de lentes ultra grande-angular e teleobjetiva seria bem-vinda para o segmento.

Preço e lançamento

O lançamento da versão 5G em setembro de 2020 tirou um pouco da pressão para que a Motorola anuncie a próxima geração do Razr. O relatório da DSCC para telas OLED dobráveis indica uma explosão de lançamentos no segmento, com Google, Oppo, Vivo e Xiaomi entrando na disputa após o início das vendas para terceiros dos painéis da Samsung Display. A Motorola seria outra possível compradora do componente, o que viabilizaria um lançamento no final do terceiro trimestre/começo do quarto trimestre.

2021 03 15 DSCC Oled foldable
Vendas de celulares com telas dobráveis têm previsão de forte alta / © DSCC

O acirramento do mercado de smartphones com telas dobráveis deve ter influência direta no preço do Moto Razr 2021. Segundo o site TechRadar, apesar das especificações superiores, o novo Motorola deve manter o preço de lançamento na casa dos 1.400 dólares no exterior (R$ 7.800 em conversão direta). Vale lembrar que no Brasil, o Razr 2019 foi lançado em abril a R$ 8.999, frente aos US$ 1.500 do preço nos Estados Unidos (na época, a cotação do dólar estava na casa dos R$ 4,30).

Caso se confirme o lançamento no segundo semestre, o Razr 2021 deve encarar o sucessor do Samsung Galaxy Z Flip, também esperado para a segunda metade deste ano. Quais são as chances do novo flip da Motorola neste segundo round? Será que o Razr finalmente terá um hardware à altura do rival ou continuará dependendo da nostalgia para atrair compradores? Compartilhe sua opinião com a comunidade NextPit.

Fonte: TechRadar, DSCC

ÚLTIMOS ARTIGOS

3 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • CAV há 4 meses Link para o comentário

    Não suportando apenas o e-SIM, já será um progresso.


  • Jairo rios há 4 meses Link para o comentário

    A proposta dos dobraveis é interessante , mas o preço pedido é exorbitante.


  • Penskemen há 4 meses Link para o comentário

    Um modelo que teve um cuidadoso processo de gestação, e após seu nascimento todos que se disporam a ver e tocar nessa "criança" tomaram um baita susto. Afinal era para ser o novo sucessor de sucesso, que foi a geração Razr "V" Mas na verdade foi o maior fiasco registrado pela Lenovo/Motorola. Agora imaginem o que já era caro (como a versão Razr 2019), agora virá repaginada e atualizada... No mínimo vão lançar pelo valor de um relógio de luxo do tipo Rolex ? A pergunta que fica; você vai querer ostentar de Moto Razr 2021 ou de iPhone 13 ?

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.