WhatsApp volta atrás e diz que não expulsará quem não aceitar novas regras

WhatsApp volta atrás e diz que não expulsará quem não aceitar novas regras

A confusão em torno das novas regras de uso do WhatsApp deveria terminar no sábado (15). Nesta data, o app pertencente ao Facebook coloca em vigor suas novas políticas de uso. Até agora, a regra era clara: quem não concordasse com os novos termos perderia funções importantes no app. Mas o WhatsApp voltou atrás mais uma vez...

  • Restrições anunciadas para quem recusar as novas regras não devem entrar em vigor nesta semana;
  • No lugar disso, app deverá enviar mais notificações;
  • A duração do novo período de carência não está clara no momento.

Se você usa o WhatsApp, certamente já reparou no alerta dos novos termos de serviço do mensageiro. As novas regras causaram um alvoroço ao redor do mundo, já que liberam o WhatsApp a compartilhar dados de usuários com o Facebook. Entretanto, as restrições a quem recusá-las serão menos dramáticas do que originalmente anunciado:

"Não apagaremos nenhuma conta, e ninguém perderá acesso aos recursos do WhatsApp no dia 15 de maio de 2021 por causa dessa atualização.

Nas últimas semanas, exibimos uma notificação no WhatsApp fornecendo mais informações sobre essa atualização e continuaremos exibindo um lembrete às pessoas que ainda não tiveram a oportunidade de ler e aceitá-la."

Em fevereiro, o aplicativo anunciou que todos os recursos, exceto chamadas e notificações, seriam bloqueados para quem recusasse as novas regras — ou seja, nada de responder mensagens ou conversar com familiares e amigos. Mas o Facebook parece ter percebido que a mudança é radical demais e voltou atrás na decisão.

Notificações no lugar de restrições

Se antes o app anunciava suspensões de contas e restrições de recursos, agora afirma que apenas exibirá mais notificações sobre os novos termos de serviço. Justamente os alertas que já são exibidos para quem ainda não aceitou as novas regras. Ainda não está claro quanto tempo durará este novo período de carência.

Whatsapp politica de privacidade 2021
As novas regras, resumidas pela própria empresa / © WhatsApp

O site TechCrunch citou um porta-voz do WhatsApp a este respeito, afirmando que o 'Zap' continuará a oferecer a seus usuários lembretes sobre os novos termos pelas próximas semanas, e que a maioria das pessoas que usam o app já aceitaram a nova política de uso.

Tudo o que você precisa saber sobre as novas regras do WhatsApp

Embora a confusão em torno de suas novas regras de uso não esteja melhorando a imagem do WhatsApp, o mensageiro ainda é o líder disparado entre os apps de mensagens. Por esse motivo, o NextPit reuniu uma série de artigos relacionados às mudanças nos termos e condições.

Mudanças dos termos de serviço do WhatsApp em maio de 2021

Listamos outros textos relacionados às políticas de uso do aplicativo que valem a pena conferir.
Artigo Por que é importante?
Dados de usuários do WhatsApp serão compartilhados com o Facebook Como o Facebook anunciou as mudanças de privacidade do WhatsApp
Termos de serviço e políticas de uso do WhatsApp A íntegra das regras de uso do aplicativo, a política de privacidade e proteção de dados
Alternativas ao WhatsApp Threema, Signal, Telegram – quais as principais alternativas ao WhatsApp?
Oito motivos contra o WhatsApp: encontre um novo aplicativo de mensagens Ainda na dúvida entre ficar ou largar o app? Relembre os pontos fracos do WhatsApp
Faça backup das conversas do WhatsApp e ganhe mais espaço no celular O backup serve também para transferir as conversas para um novo celular
Como transferir as conversas do WhatsApp para o Telegram Aprenda como migrar o histórico de conversas e grupos para o Telegram
Dicas e truques essenciais para o WhatsApp no Android e iOS

Ao longo da semana, analisaremos mais de perto as mudanças no WhatsApp, e ficaremos felizes em responder às suas perguntas ou sugestões dos comentários. Você está preocupado com os novos termos de serviço? Já tentou convencer amigos e parentes a mudar para outro app?

Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

1 comentário

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Jairo rios há 4 meses Link para o comentário

    Nada como a livre concorrência para pressionar mesmo as mega corporações como o Facebook