Sistema operacional da Huawei deve chegar aos smartphones em 2021; entenda

Sistema operacional da Huawei deve chegar aos smartphones em 2021; entenda

Finalmente, as empresas parecem ter percebido que, por mais atualizações que um sistema operacional receba, existe uma hora em que mudanças são necessárias. A Huawei é uma delas e já anunciou o lançamento do HarmonyOS, um nome que ouviremos bastante de agora em diante.

É bem verdade que a ideia não é assim tão nova: o sistema operacional vem sendo desenvolvido desde 2012, mas desde 2019 a empresa decidiu acelerar o processo, em parte devido ao embargo por parte dos EUA, em maio. 

Em sua primeira conferência, realizada em agosto também do ano passado, ela reuniu mais 6.000 desenvolvedores para vislumbrar um futuro com o HarmonyOS. 

NextPit Huawei Watch Fit time
Sistema operacional da Huawei contemplará smartwatches e outros produtos / © NextPit

HarmonyOS: sistema operacional tem código aberto 

O código aberto do HarmonyOS é, sem dúvida, motivo de orgulho para a Huawei. Em um comunicado emitido ainda no ano passado, a empresa afirmou ser de muita importância que desenvolvedores ao redor do mundo inteiro possam implementar suas ideias para garantir um sistema cada vez mais eficiente. 

A Huawei já é conhecida por seu conjunto de serviços que fornece recursos avançados em todo o ecossistema de seus dispositivos. O HMS (Huawei Mobile Services) já conta com mais de 40 mil apps e, ao que tudo indica, vem sendo alterado para melhorar o acesso de desenvolvedores.

HarmonyOS deve chegar aos smartphones no ano que vem

Segundo Richard Yu, atual CEO da marca, a Huawei já tem previsão para a implementação de seu sistema operacional em smartphones: o ano de 2021. Daqui a alguns meses, em dezembro, a ferramenta SDK estará disponível para desenvolvedores, bem como simuladores do HarmonyOS 2.0. 

O público a ter acesso ao SO da Huawei em primeira mão será o chinês, mas já existem vídeos na web que mostram a versão beta do sistema, por enquanto funcionando em um smartwatch. Você pode conferir o vídeo no canal Creator Studio do YouTube, neste link.

huawei p40 pr0 plus
HarmonyOS deve chegar aos smartphones antes do que havia sido previsto / © Huawei / Pressemitteilung

SO “completo” da Huawei foi projetado para vários dispositivos

Uma característica interessante do novo sistema operacional da Huawei consiste em sua funcionalidade, que segundo a marca é completa. Isso porque, além de smartphones, o sistema também estará disponível para smartwatches, smartbands, gadgets e até casas e carros conectados.

Essa multifuncionalidade se dá graças a parceria da marca chinesa com outros nomes importantes para a economia da China, como Midea, Joyoung, Hangzhou Robam, Volvo e Hongqi. 

HarmonyOS: ameaça para o Android? 

Enquanto alguns afirmam que, com o HamonyOS, o Android está com os seus dias contados, a verdade é que talvez ainda seja muito cedo para afirmar que o SO da Google está sob ameaça. 

A opinião do fundador da marca, Ren Zhengfei, é de que a novidade, embora promissora, ainda não tem força para superar o Android ou iOS. “Não estamos pensando em substituir as peças e componentes produzidos pelos Estados Unidos”, disse ele, em uma entrevista para a revista “Dragon”. 

De qualquer maneira, é bom que a estadunidense mantenha os olhos bem abertos, uma vez que o sucesso dos aparelhos da Xiaomi nos últimos anos prova que, algumas vezes, outras empresas podem encontrar o seu lugar em meio ao monopólio dos EUA, mesmo que isso não faça o país perder seu trono.

NextPit Xiaomi Mi 10T Pro usb
Xiaomi: marca chinesa é a prova de que não é necessário ser dos EUA para fazer sucesso / © NextPit

Tanto o Android quanto o HarmonyOS carregam uma característica em comum: seu código aberto, o que é uma garantia que, embora novo, o SO da Huawei promete se tornar cada vez melhor ao longo dos anos. 

O site FossBytes realizou uma comparação com as informações disponíveis entre o HarmonyOS e o Android, onde o Android ainda acabou sendo vencedor.

Isso porque, além de não contar com um núcleo Linux, o SO da Huawei parece perder no que diz respeito ao seu ecossistema. Com uma loja de aplicativos própria, o HarmonyOS deixa de oferecer suporte para muitos aplicativos presentes na App e Play Store.

Assim, embora ainda seja muito cedo para afirmar a superioridade de um sistema ou de outro, o HarmonyOS parece ter bastante desafio pela frente, mas não está isento de qualidades.
 

Fonte: Ifeng, Gizmochina

ÚLTIMOS ARTIGOS no NextPit

Recomendado pelo NextPit

1 comentário

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.