Show do intervalo 2021: os principais celulares dos últimos 6 meses

Show do intervalo 2021: os principais celulares dos últimos 6 meses

Estamos às vésperas da metade de 2021. É hora de uma rápida retrospectiva e relembrar alguns dos principais lançamentos de celulares no primeiro semestre. Apresento: o show do intervalo 2021 do NextPit.

Por que não marcar 2 de julho em seu calendário e dar um rápido tapinha nas costas ao meio-dia? Neste segundo único, atingimos o ponto exato da metade de 2021. Será que ainda dá tempo de ganhar na loteria no terceiro ou quarto trimestre? O que de bom ainda pode acontecer? Do lado tech: quais outros smartphones serão lançados neste ano?

Year Progress Bar
A Barra de Progresso do Ano no Twitter está prestes a chegar ao meio do caminho! / © Year_progress/Twitter

Para os fãs da tecnologia, os últimos seis meses têm sido de altos e baixos. Porque parecia que a Xiaomi lançava um novo celular a cada dia e, de alguma forma, Oppo, Realme e companhia pareciam seguir a estratégia. Mas será que houve algum modelo realmente revolucionário?

Pegue um atalho

  1. Introdução: a avalanche de celulares da China
  2. Ato principal: as gigantes (caídas)
  3. Coadjuvantes: Sony, Nokia e Motorola mantém a chama acesa
  4. Encore: nossas estrelas entre os celulares
  5. Participe: quais os seus destaques de 2021

Em nosso intervalo de meio de ano, analisamos para os últimos meses. Para este fim, perguntei à equipe editorial do NextPit quais aparelhos lançados entre janeiro e junho seriam convocados para o palco principal.


Como funciona este artigo: este artigo é uma retrospectiva da primeira metade de 2021. Se você estiver interessado em um dispositivo, basta clicar sobre ele. Os links levam para nossas páginas de dispositivos, onde encontrará especificações, notícias e todos os artigos sobre o dispositivo em questão.


Introdução: a avalanche de celulares da China

... Ok Benjamin, evite a palavra "invasão" ... Vamos evitar dar corda pra turma conspiracionista. Uma enxurrada de celulares das fabricantes chineses deram as caras em mercados internacionais, então se você perdeu a conta não fique triste. A Xiaomi, por exemplo, lançou 16 smartphones nos últimos seis meses (mais até, dependendo da região).

O que a gigante chinesa está fazendo parece estar influenciando a Oppo, OnePlus e Realme também. Como uma diversidade enorme de modelos que às vezes acabam se replicando em outros fabricantes e "sub-marcas". Vamos dar uma olhada mais de perto:

Xiaomi, Redmi & Poco

Mas atenção, estes são apenas os aparelhos que foram lançados fora da China. Para o mercado doméstico, a Xiaomi também anunciou o Mi 11 Pro e o Mi Mix Fold, por exemplo, e também há mais modelos na série Note. Louco, você não acha?

Oppo

Enquanto a série Find X sempre esteve no palco como um trio, este ano a Oppo também se aventurou em dividi-la em 5G e 4G. O resultado é um quarteto intermediário que já causou confusão no lançamento.

Realme

A Realme segue uma estratégia semelhante, mas se destacou com o lançamento do Realme GT. Antoine ficou bastante entusiasmado com o Realme GT em nossa avaliação e, ao mesmo tempo, a caçula entre as marcas chinesas foi a única fabricante a conseguir domar o desempenho do Snapdragon 888. Muito bem feito!

OnePlus

Temos falado muito sobre a "Oppoficação" da OnePlus recentemente. A fabricante anunciou que quer cooperar mais com sua matriz Oppo. No processo, podemos aguardar (ou temer) por mais "marcas" como o OnePlus Nord CE no futuro.

Mais modelos da China

Assim, como as fabricantes de celulares, a China está mais uma vez se mostrando altamente eficiente. Isto certamente se deve à relação chinesa com o próprio trabalho (aqui eu recomendo o documentário da Netflix "American Factory"), mas muito também devido ao frenesi de compra das empresas chinesas.

Porque empresas como a Alcatel ou OnePlus foram absorvidas por grandes corporações como a BBK ou a Xiaomi. Você pode ler mais sobre a relação das fabricantes na China no nosso guia de fabricantes chinesas.

Ato principal: as gigantes (caídas)

Enquanto as rebeldes tomam o palco com as bandeiras da República Popular da China e os retratos gigantes de Xi Jinping, a Apple, Samsung e cia. lentamente se aproximam do palco. Todo intervalo precisa de superestrelas - os Bob Dylans do mundo da música. Estes não precisam lançar novos sucessos para serem lembrados a qualquer momento.

Apple

  • ¯\_(ツ)_/¯

A gigante norte-americana não trouxe nem mesmo um "The Times They Are a-Changin'" ao nosso intervalo. Além de novos iPads e AirTags, a Apple não lançou muita coisa neste ano. Já com a Samsung é uma outra história!

Samsung

A Samsung produziu alguns sucessos de público e crítica neste ano com a série S21 e alguns modelos A. No entanto, houve também uma baciada de modelos pouco significantes que passam longe de uma coletânea dos maiores hits de 2021.

Huawei

Embora o Mate X2 ainda não tenha sido lançado no ocidente, eu gostaria de mencioná-lo nesta lista. Porque a dobrável deverá receber o HarmonyOS e isso por si só já é muito interessante. Fora ele, a Huawei mostrou muito brevemente o Huawei P50 Pro em um evento de lançamento. Interessante, mas também ainda não destinado ao resto do mundo.

Honor

Certamente você notou que a Honor se separou da Huawei. A antiga subsidiária da empresa está celebrando sua nova independência com o Honor 50, ainda com um design que lembra muito o Huawei P50. Mesmo assim, a marca tem o que comemorar, pois os serviços do Google estão finalmente de volta a bordo.

Google

  • -

No primeiro e segundo trimestres do ano, o Google ainda está atrasado em termos de novos dispositivos. Embora não haja nada de otimista para dizer sobre os rumores do Pixel 5a, a ausência da fabricante neste artigo não é algo ruim. Afinal de contas, o Google está preparando sua obra principal para o Android 12. Portanto, paciência, jovens padawans.

Coadjuvantes: Sony, Nokia e Motorola mantém a chama acesa

Seguindo o exemplo do bom e velho Aristóteles, acabamos de superar o clímax do nosso evento. Tenho certeza de que todos vocês precisam de uma pequena pausa agora, por isso vou mudar de ritmo.

Com a Sony, Nokia, Motorola e outros fabricantes de celulares globais, estamos nos preparando para as nossas e suas estrelas do mercado de celulares em 2021.

Sony

Os novos celulares da Sony ainda não chegaram ao nosso escritório editorial, mas sei alguns de vocês ainda guardam os aparelhos Xperia no coração. Os dois modelos mais caros com lentes teleobjetivas variáveis são especialmente intrigantes. O Xperia Pro também foi lançado em 2021, mas com um preço sugerido de pouco menos de 2.500 dólares, é mais para as empresas e fotógrafos profissionais.

Motorola

A Motorola só nos surpreendeu com um dispositivo nos últimos meses: o relançamento do Motorola Defy! Fora ele, foram muitos celulares básicos e intermediários.

Asus

Lenovo

Nokia

Gigaset

  • Gigaset GX290 Plus
  • Gigaset GS4
  • Gigaset GS3
  • Gigaset GS290

Wiko

  • Wiko Power U30

Para que nosso intervalo não se torne infinito, listei mais alguns modelos interessantes para vocês. E nem mencionei marcas como Ulefone, Doogee ou Oukitel, com ainda mais celulares. Espero que você me perdoe por me concentrar nas marcas acima.

Encore: nossas estrelas de telefonia móvel

Eu preparei esta seção após coletar mais algumas opiniões dos editores. A pergunta foi qual celular foi a melhor compra para meus colegas até agora em 2021. O ponto crucial da minha pergunta: "Que telefone você compraria com seu próprio dinheiro em 2021"?

Antoine: Samsung Galaxy S21 Ultra ou Realme GT.

Se eu tivesse que comprar um telefone agora mesmo e quisesse evitar o financiamento, eu iria com o Realme GT. O celular tem uma relação preço-desempenho realmente imbatível e na verdade apenas a câmera é não pertence a um carro-chefe.

Se eu pudesse esperar um pouco mais, eu compraria o Samsung Galaxy S21 Ultra em parcelas ou talvez até mesmo esperasse pelo Galaxy Z Fold 3.

Rubens: Aquos R6

Quase comprei um Panasonic CM1 usado outro dia só por curiosidade. O Aquos R6 é um modelo mais novo com um sensor de câmera de 1 polegada. O Leica Leitz Phone 1 seria uma alternativa interessante, mas o sensor de câmera não centralizado no aparelho dispara meu TOC. Apesar das complicações de importação, daria uma chance ao Sharp Aquos R6...

Mas como o dinheiro também seria um problema com o modelo da Sharp, o Galaxy A72 é uma opção mais realista, que traz um bom equilíbrio de recursos e preço, pelo menos no Brasil. 

Casi: Samsung Galaxy S21 Ultra

Dos melhores smartphones deste ano, o Samsung Galaxy S21 Ultra me parece ser o mais completo, sem fraquezas óbvias. Ao comprar um celular, presto muita atenção à qualidade da câmera, mais do que às outras especificações.

Além disso, quero um design que me atraia muito e, em combinação, os dois fatores se encaixam melhor para mim no Galaxy S21 Ultra.

Rahul: Redmi Note 10 Pro ou Vivo X60 Pro

Na Índia, a maioria dos compradores provavelmente optariam pelo Redmi Note 10 Pro. Simplesmente uma boa relação custo-benefício. Entretanto, se eu tivesse mais dinheiro para gastar, eu tentaria um telefone da chinesa Vivo.

Mesmo não conseguindo testar o X60 Pro 5G, gostei do que a Vivo fez com o X50 Pro no ano passado.

Ben: Asus Zenfone 8

Olá, meu nome é Benjamin e eu gosto de me citar! Brincadeira à parte, para mim, o Zenfone 8 foi o mais interessante. Depois de incontáveis smartphones gigantes com mega telas, estou "cansado" o suficiente para desejar ter telefones pequenos e decentes de volta.

Como não estou autorizado a escolher o Pixel 5, lançado em 2020, então para este artigo vai ser o Zenfone 8.

Participe: qual foi o seu destaque em 2021?

O último ato deste intervalo é inteiramente dedicado a você. Isso mesmo, a comunidade NextPit, que sempre gostamos de deixar com a última palavra. Agora, a pergunta também é dirigida a você, qual você escolheria?

Mais uma vez, eu o empurro para a caverna do Jigsaw e pergunto com uma voz disfarçada: "Eu quero jogar um jogo com você. Que celular de 2021 você compraria com seu próprio dinheiro"?

A pesquisa é feita no Google Sheets, pois nos permite registrar os resultados de todos os leitores do NextPit em uma única pesquisa. Como você pode ver acima, é possível escolher somente uma opção. Apresentaremos os resultados na próxima semana em nosso boletim informativo.

Você está satisfeito com o desempenho das fabricantes como Samsung, Oppo e cia. nos últimos meses? O que o impressionou e o que foi mais decepcionante? Ainda é estranho ver a Huawei sumida e o que você está esperando no terceiro e quarto trimestres? Deixe sua avaliação do ano no campo dos comentários!

3 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Penskemen há 1 mês Link para o comentário

    O mais irônico, cômico, interessante; e grande destaque da escolha dos editores, foi a ausência de modelos da marca Apple nas suas predileções... Ao que tudo indica o grande número de matérias publicadas diariamente sobre a Apple, seriam destinadas apenas para obcecados pela marca (que não é o caso aqui do Brasil). Viva o poder de influência do marketing e da mídia...🤔


    • Rubens Eishima
      • Equipe
      há 1 mês Link para o comentário

      Ah... Só mencionamos os preferidos entre os lançamentos de 2021.

      A minha resposta completa (editada para não alongar demais o texto) começava com:
      "Como eu não posso seguir minha estratégia de comprar um flagship do ano anterior..."

      Se fosse expandir pros modelos 2020, a lista ia ficar absurdamente grande :p


  • Jairo rios há 1 mês Link para o comentário

    É muito lançamento mais do mesmo, cansou.....saturou.

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.