Slack fight: será que o novo iPad Pro já pode aposentar um notebook?

Slack fight: será que o novo iPad Pro já pode aposentar um notebook?

A Apple equipa seu novo iPad Pro 2021 com o poderoso chip M1. Teoricamente, o desempenho finalmente alcança os novos modelos MacBook. Por isso, nessa semana, eu e meu colega Antoine Engels discutimos se os tablets são finalmente uma alternativa real aos notebooks. Como sempre, contamos também com a sua opinião sobre o tema!

O uso do novo chip M1 em um tablet da Apple já era esperado quando o componente foi anunciado. Mesmo assim, a integração do "System-on-a-Chip" no novo iPad Pro surpreendeu algumas pessoas. A Apple revelou a nova versão de seu tablet durante seu evento Spring Loaded há pouco mais de uma semana.

E claro que o velho debate se os tablets são agora uma alternativa "real" aos notebooks já circulava na equipe editorial do NextPit durante o evento. Preciso dizer que nós quase tivemos uma briga no chat da firma e resolvemos chamar você para acabar com a discussão. Divirta-se e por favor aproveite para votar e compartilhar sua opinião.

Round 1: o problema com o sistema operacional

Antoine: Cara, mal posso esperar para tentar ou comprar o novo iPad Pro. Com o novo chip M1, ele é finalmente A alternativa para o meu laptop velho de guerra.

Ben: Sei Antoine — como todo fanboy da Apple, você sai comprando tudo o que aparece com o processador M1 logo de cara, é claro. Mas vista sua proteção anti-hype e lembre-se do principal problema: A Apple ainda equipa o novo iPad com o iPadOS — ou seja, um bom sistema operacional móvel, porém ainda limitado.

A compatibilidade com software de terceiros ainda é bastante restrita, pois os aplicativos sempre têm que vir da AppStore ou pelo programa Enterprise. E como você só pode usar o app de navegador e não navegadores desktop completos, a compatibilidade com alguns serviços — nosso editor de texto, por exemplo — também é problemática.

Screenshot 2021 04 20 at 19.43.51
O sistema operacional iPadOS torna os tablets mais intuitivos, mas também os limitam em comparação com o macOS / © Apple

O fato de a Apple não otimizar o macOS para comandos por toque e oferecer o sistema operacional no iPad Pro 2021 é simplesmente estúpido. Especialmente porque os aplicativos para iPad e iPhone já podem ser usados no notebook graças à arquitetura do chip. Como alguns sites já bem disseram: coloquem o macOS no iPad, seus covardes!

Antoine: Eu não sou um fanboy da Apple e nem sequer uso um iPad para trabalhar, uso um bom e velho laptop Windows! E te proíbo de espalhar Fake News sobre mim como você faz em cartas de amor para qualquer telefone da Oppo!

Mas estamos falando de notebooks! E eu poderia — se não dependesse do browser desktop — absolutamente usar meu iPad 2019 básico para editar artigos em nosso sistema e vencê-lo em brigas no chat.

Comparar o sistema operacional do iPad com o iOS tratando-o como um simples software móvel é um pouco injusto, na minha opinião. Claro, não é o macOS, mas mesmo assim, as características de produtividade para multitarefa e anotações, por exemplo, têm sido muito superiores a outros sistemas operacionais móveis desde seu lançamento em 2019. Ainda mais avançado do que a Samsung OneUI até hoje!

Este argumento só se aplicaria se o nosso Slack Fight fosse para discutir se o iPad pode ou não ser um substituto do iMac. Mas em termos de o iPad ser um substituto de notebooks, não acho que essa questão precise mais ser discutida.

Não estou dizendo que você deve comprar meu iPad 2019 por R$ 4.000 porque é melhor que os R$ 9.000 do seu Dell XPS 13. [Nota do Ben: Eu não tenho um Dell XPS 13!] Estou dizendo que há menos diferença do que nunca entre meu iPad e meu Honor MagicBook 14 em termos de uso diário!

O iPadOS pode substituir um sistema operacional de desktop?

Round 2: os notebooks não são mais práticos para o trabalho móvel?

Ben: Mas eu acho que até mesmo seu Honor MagicBook 14 será muito mais prático e durável quando você sair do  seu home office. Os notebooks são perfeitos para trabalhar em trens ou cafés, e até mesmo o consumo de mídia é muito mais fácil se você tiver um aparelho 2-em-1.

Sim, existem teclados externos para tablets, e não quero de forma alguma ignorar esse argumento para o nosso debate. Mas quando se trata de jogar coisas na mochila e usar um bom sistema de trabalho / entretenimento em qualquer lugar, sempre escolho o notebook. Muito mais útil e, mais importante, muito mais estável!

Antoine: Antes de mais nada, isso é um golpe baixo até mesmo para você, que merece ser apunhalado pelas costas com um Apple Pencil! Eu acabei comprando um app de desenho de R$ 100 na época, só para perceber que levaria mais de 15 minutos para desenhar bem com a caneta do iPad e desisti do meu sonho... Mas acho que acabei saindo do assunto aqui!

Discordo totalmente de seu ponto de vista sobre entretenimento. Segurar meu tablet no trem ou no metrô é muito menos invasivo do que um trambolho gigante de plástico que tem que ser equilibrado nos joelhos ou em uma pequena mesa de café.

Não estou dizendo que o iPad é melhor do que todos os notebooks existentes! Estou dizendo que um iPad pode ser uma alternativa muito boa para um laptop, não apenas em termos de formato, mas em termos de uso.

Acho que ambos concordamos que o marketing dos modelos iPad Pro em 2018, 2020 ou 2021 como soluções independentes e poderosas para artistas ou profissionais de edição de vídeo é uma besteira. Até mesmo os YouTubers especializados na Apple, que na maioria das vezes têm o iPad Pro mais recente porque precisam dele para editar vídeos, estão a anos-luz de precisar de toda essa potência e hardware para editar suas críticas ou vlogs.

AndroidPIT honor magicbook front
Testados e aprovados: tela e teclados integrados em um só aparelho / © NextPit

Claro, algumas das características da tela podem ser úteis quando você precisa trabalhar com conteúdo relacionado a cores ou HDR. Mas essa não é a principal razão pela qual mais da metade dos fãs da Apple comprariam um iPad Pro.

A Apple é mainstream — assim como 90% dos seus clientes! E o que essas pessoas costumam fazer em seu PC? Elas trabalham um pouco, assistem ao Netflix, ouvem música e perdem seu tempo e metade de sua vida em intermináveis videoconferências.

Você não precisa de um laptop para isso. Um tablet é capaz de proporcionar uma boa experiência nesses tipos de tarefa — e com um formato mais prático também!

Antoine continua...:

Eu realmente concordo com seu ponto sobre a compatibilidade com apps de terceiros!

Também sinto que coisas simples como arrastar e soltar um documento do gerenciador de arquivos para anexar no Gmail é super complicado quando se usa a tela dividida em relação ao PC, uma vez que os gestos são combinados com o mouse + teclado (se você tiver o Magic Keyboard). É definitivamente menos intuitivo do que em um PC "normal".

A Apple sempre se preocupou em restringir a experiência de uso na interface. Eu também odeio o iPadOS na maior parte do tempo! Só estou dizendo que para uma "pessoa comum" não há realmente muitos argumentos contra isso.
Honestamente, prefiro usar meu iPad em casa do que meu PC, é apenas mais conveniente.

O iPad é um item diário e para a maioria das pessoas que têm um trabalho de mesa como nós, o iPad pode facilmente lidar com metade de um fluxo de trabalho ou mesmo um fluxo de trabalho completo.

Trabalho móvel: os notebooks tradicionais são mais práticos?

Round 3: os laptops são mais robustos e reparáveis!

Ben: Mais uma coisa sobre a robustez dos tablets! Eu realmente acho que é uma péssima ideia carregar uma tela de vidro fino de 12 polegadas em uma mochila! As telas para notebooks são protegidas simplesmente com o fechamento do aparelho e não dependem tanto do uso de painéis de vidro já que as telas sensíveis ao toque ainda são minoria nos laptops.

Apple iPad Pro 129 2020 im Test 1
Bordas finas e uma ampla tela de vidro: será que os tables são muito frágeis? / © NextPit

Na minha opinião, a reparabilidade também é um grande problema com os tablets. Sei que há uma tendência em notebooks com memória RAM e outros componentes soldados, mas os dispositivos podem ser abertos com facilidade usando uma chave de fenda comum.

Troquei o cooler e a bateria do meu Xiaomi Mi Book 13 velho de guerra e ele voltou a funcionar perfeitamente e sem problemas com o Xubuntu instalado. Isso é algo que os tablets simplesmente não podem oferecer.

Antoine: ...

Ben: Ah e mais uma coisa! As opções de conectividade são apenas super limitadas. O iPad Pro tem uma porta USB-C, enquanto meu laptop tem uma porta HDMI completa, um par de entradas USB-A e até mesmo um leitor de cartões de memória.

Portanto, se eu quiser conectar um tablet ao meu monitor e mouse, já tenho um problema nas mãos!

Antoine? ...

Antoooine?

Robustez e reparabilidade: os tablets são muito frágeis?

Bem, eu penso que Antoine ficou mais impressionado com as minhas respostas irritantes do que com meus argumentos! Mas agora é a sua vez! A grande questão no final é, claro: para você, os tablets são uma verdadeira alternativa aos notebooks?

Os tablets são finalmente uma alternativa aos notebooks?

Talvez as coisas não sejam assim tão 'oito ou oitenta' e você tenha argumentos que para os dois lados da discussão. Pensando nisso, diga nos comentários se você consideraria o novo iPad como um substituto do notebook. Estamos curiosos para saber quais argumentos foram esquecidos nessa discussão!

Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

5 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Pedro há 4 meses Link para o comentário

    Não vejo como substituto, mas como parceiro. É muito mais prático fazer coisas que são mais fáceis de fazer em um notebook usando um notebook ou fazer coisas que são mais fáceis de fazer em um tablet usando o próprio.


  • Soterio Salles há 4 meses Link para o comentário

    Para o meu uso regular eu diria que grande parte das funções já seriam supridas por um tablet Android, um Samsung com Dex Mode já ajudaria e de quebra sairia mais barato que o iPad. Não conseguiria substituir um desktop Windows mas pra uso portátil resolve 95% dos meus problemas.
    Na verdade os tablets da Samsung são ainda a melhor opção pra mim por conta da S-Pen já inclusa. Eu desenho então ela se tornou ferramenta indispensável.


  • arai há 4 meses Link para o comentário

    Minha esposa começou a assitir "novelas" chinesas há uns meses, e como não entende nada de chinês (a não ser "xe-xe" e "ni-hao"), isso, apesar de nosso genro ser "taiwanês".
    E por vezes sou "convocado" a procurar vídeos legendados em português. Até começo a pesquisar no tablet dela - um Galaxy A8 (acho) - mas prefiro continuar no meu note para baixar e transferir ao tablet dela.
    Tenho um Galaxy S6 Lite, mas só uso quando "canso" de estar em frente ao note.


  • Penskemen há 4 meses Link para o comentário

    Já citei esse tema em comentários anteriores... Diante disso conclamo aos leitores e editores dessa matéria a fazerem uma reflexão. O ser humano por ser a única raça nesse planeta com a dita "racionalidade" tem que usar sua inteligência e agir pela lógica, certo ? Vão em uma loja e coloquem lado a lado "esse tablet" de quase R$ 30 mil e "um Ultrabook top de linha na mesma faixa de preço" Vocês teriam a coragem de dizer que o tablet de R$ 30 mil "é melhor E MAIS COMPLETO" que o melhor Ultrabook nessa faixa de preço ??? Eu nem vou manifestar minha opinião !


    • Rubens Eishima
      • Equipe
      há 4 meses Link para o comentário

      Concordo com o seu comentário.
      E o motivo deste artigo é justamente trazer os pontos que você menciona.

      Ainda mais no Brasil, e os preços longe da realidade "das ruas", em que um iPad Pro 2021 custa mais de 10 mil reais, sendo que é possível encontrar um notebook corporativo (para não fugir do sufixo "Pró") por menos de R$ 9.000.

      Isso sem contar os acessórios (docks/dongles, teclado...) para transformar o tablet em uma ferramenta de produtividade mais ampla.

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.